Na contramão do tecnológico, a ilustradora Lila Abreu trocou o computador por lápis, pincéis e recortes de papel. Seus trabalhos são todos feitos à mão. Tudo começa com um pedaço de jornal, uma embalagem de bala, e os traços começam a surgir em cima de colagens. Voltada para o público infantil, Lila aposta nas texturas, nos detalhes e na diversão, misturando cotidiano e sonho.

 A ilustradora nasceu em Minas Gerais e, quando criança, tinha o sonho de ser desenhista de histórias em quadrinhos. Formada em Desenho Industrial na Universidade Federal do Rio de Janeiro, Lila buscou aperfeiçoamento profissional na Central Saint Martins School, em Londres e na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, no Rio de Janeiro.